sexta-feira, 24 de novembro de 2017

LUGARES DO NORDESTE-PATRIMÓNIO RELIGIOSO-FIGUEIRINHA -TRAVANCA.


                                   IGREJA DE FIGUEIRINHA  DE TRAVANCA-MOGADOURO


Figueirinha de Travanca é uma pequena freguesia do  concelho de Mogadouro e é anexa à freguesia de Travanca, dista desta  freguesia cerca de três quilómetros aproximadamente.Esta pequena aldeia deve ser muito antiga, a avaliar pelo castro pré-romano que tem a um pouco mais de trezentos metros e que é um dos mais extensos de todo o Nordeste Trasmontano.
A igreja paroquial actual, bastante interessante, data do século XVII ou dos finais do século XVI. o elemento datado mais antigo que se encontra na igreja é um sino com uma inscrição que diz: SANTA MARIA ORA PRO NOBIS ANNO 1669. Anteriores a esta inscrição não se conhecem  outros documentos que falem da igreja paroquial.
Arruinada pelo tempo e na segunda metade do século XVIII, pelo ano de 1769 ou já no ano de 1770, houve necessidade de reconstruir de raiz a capela mor e reconstruiu-se  também o corpo da igreja como indicam as transformações sofridas em alguns elementos arquitecturais do templo.

O retábulo desta igreja tem muito interesse porque está assinado e datado.É um retábulo arcaizanto  pela disposição dos elementos arquitectónicos e pela própria ornamentação. É popular pela disposição das figuras e pela escultura das mesmas. Foi construído em 1740. Foi seu autor António da Ponte, natural de S. Martinho do Peso.
No fundo da coluna estava escrito o seguinte dístico que hoje se encontra na predela do lado direito do retábulo ou seja no fundo do nicho do lado direito: Ano de 1740 aos 12 de S.bro se assentou este retábulo António da Ponte e fez em S.Martinho do Peso. Cura desta igreja o Rev. do P. Ant.Rois Veiga e abbade em Travanca Inácio Luis de Campos. No mesmo ano foi de grande tormenta que veio a  10 de Junho e não deixou pão nem vinho,nem fruto algum em 50 lugares de Vilar Chão até Miranda.

ALÇADO PRINCIPAL
SINOS DA IGREJA

PORTA DO ALÇADO FRENTE
 Pesquisas da NET

Isaías  Cordeiro

Sem comentários:

Enviar um comentário