sábado, 22 de fevereiro de 2014

EM SILÊNCIO OS HOMENS TAMBÉM CHORAM!


                       O QUE O TEMPO E A HISTÓRIA NÃO CONSEGUE APAGAR  

Este Homem nasceu a 9 de Julho de 1924 e faleceu ás dezassete horas do dia 22 de Fevereiro de 1953  apenas com 28 anos de idade! A causa um violento acidente de viação do qual resultou o esmagamento    da coluna vertebral e consequente morte instantânea  conforme consta na certidão de óbito apensa  ao Processo nª 6  de 1953, Maço nº 34 n~966 do Tribunal da Comarca de Mogadouro.Decorreram 61 anos e teria  em Julho próximo 90 anos de idade.
Esta trágica  morte arrastou consigo grandes problemas de toda a espécie, além da viúva sua esposa  mais dois filhos um de dois anos e outra de três anos de idade. Sem  qualquer tipo de recursos ou bens  relacionados no inventario Orfanológico comeu esta família o pão que o diabo amassou , mesmo assim nunca se dando por vencida pela coragem  de sua mãe e seus filhos que lutaram afincadamente pela sobrevivência ultrapassando passo a passo com dignidade e honestidade as dificuldades que o destino originou.Hoje na simplicidade celebrou-se na Igreja desta aldeia uma missa em memória desta efeméride.
Resta-me dizer que o Homem se chamava " Aderito Augusto Cordeiro, a sua viúva, Idalina de Jesus Neto também já falecida , a sua filha de três anos" Maria de Fátima Cordeiro e o seu filho mais novo" Isaías do Nascimento Cordeiro. Aos que nos acompanharam   nesta homilia celebrada pelo Reverendo Padre Paulo o nosso muito obrigado


Isaías Cordeiro

1 comentário:

  1. Isaias que te recordes sempre com essa saudade no coração, os homens também choram é uma realidade e não há que ter vergonha disso, tenho orgulho em ser teu AMIGO
    Um grande abraço e que seja por muitos anos

    ResponderEliminar